Findicas

O blog da
Finplace

As habilidades para o mundo pós-crise

Findicas

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

O mês de março de 2020 será lembrado no futuro como um marco de mudanças nas empresas e no comportamento dos consumidores. Provavelmente a década será dividida em antes e depois da pandemia. “Quando a crise causada pela pandemia terminar, com certeza haverá uma realidade diferente, que exigirá novas habilidades e competências dos empreendedores e dos profissionais”, avalia Felipe Avelar, CEO da Finplace.

Atentos às mudanças e de olho no futuro próximo, muitos consultores empresariais já estão desenhando as demandas pós-pandemia. A seguir, confira um resumo das competências que os especialistas projetam. E prepare-se para os novos tempos!

Coragem para inovar – A zona de conforto é convidativa, principalmente quando a empresa vai bem. Mas mesmo que sua empresa esteja no seleto grupo das empresas que se deram bem na crise, os novos cenários tornam necessária uma dose maior de ousadia e de aceitação do risco.

Senso de liderança – Mais do que nunca, o empreendedor terá de desempenhar seu papel de líder, de condutor das mudanças. Se for preciso, prepare-se para isso com leitura, cursos e aconselhamento de especialistas.

Disposição para aprender – Ideias prontas e certezas inabaláveis não terão lugar nas empresas que se darão bem no mundo pós-pandemia. Convém abrir-se para o aprendizado e enriquecer sua base de conhecimento.

Capacidade de adaptação – O universo corporativo é dinâmico e sempre requer mudanças de comportamento. A diferença, agora, é que o ritmo das mudanças aumentou, o que exige mais agilidade e capacidade de adaptação. O tempo entre tomar uma decisão e aplicá-la será cada vez menor, caso você queira manter seu diferencial competitivo.

Objetividade – Será preciso definir metas claras e manter a concentração para cumpri-las no prazo previsto, com foco e determinação.

Comunicação mais eficiente – Mudanças envolvem informações claras e um novo repertório de conhecimento, para que todos na empresa possam acompanhar a atualizações, que serão cada vez mais rápidas. 

Controle – A fim de reduzir ao máximo as perdas e desperdícios e maximizar os resultados, o empreendedor precisará rever e aprimorar todos os seus processos de controle de custos e despesas e analisar ainda mais detalhadamente os novos investimentos.

Formação de alianças – Dentro e fora da empresa, será preciso contar com o máximo possível de ajuda. Para isso, o trabalho em equipe e uma ampla rede de contatos serão essenciais.

Tags

Cadastre-se
agora


Cadastre-se agora

É grátis e em apenas 1 minuto
você conclui seu cadastro!