Capital de giro ajuda a manter o equilíbrio entre receitas e despesas

Findicas

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Capital de giro é uma importante ferramenta de gestão que pode fortalecer o fluxo de caixa em situações de queda imprevista na receita ou quando ocorre aumento de custos, permitindo que a empresa mantenha suas operações sem sobressaltos

 

Quem acompanha o blog da Finplace entende bem a importância do capital de giro para a manutenção do equilíbrio financeiro da empresa. Em vários artigos publicados neste espaço já foi ressaltado o papel essencial dessa ferramenta de gestão, com explicações que mostram desde como gerenciar o capital de giro até as melhores maneiras de recompô-lo em caso de necessidade.

Ilustração com uma balança de peso com moedas e uma calculadora representando o equilíbrio do capital de giro.

Em resumo, o capital de giro deve ser visto como uma reserva fina

nceira capaz de cobrir, durante determinado período, todos os gastos relacionados à reposição de estoque, aluguel do ponto, folha de pagamento, impostos e contas de energia, água, telefone e internet, além de material de consumo e demais despesas de rotina, sem depender exclusivamente da entrada de receita. 

“Porém, é comum que ocorram situações em que há queda nas vendas ou aumento inesperado nos custos, quando o empresário é obrigado a recorrer ao fluxo de caixa. Se não houver uma reposição rápida, isso pode afetar o equilíbrio financeiro da empresa”, lembra Felipe Avelar, CEO da Finplace.    

 

Como reequilibrar o capital de giro

O ideal é manter a sincronia entre as receitas e as despesas, o que resulta em um capital de giro sempre estável: “Se for necessário reequilibrar rapidamente o capital de giro, uma boa alternativa é a antecipação de recebíveis, que permite receber na hora os valores de vendas a prazo que só entrariam no futuro. Dessa maneira, a empresa mantém a estabilidade financeira sem precisar recorrer a um empréstimo bancário, que representa uma dívida a ser paga nos meses seguintes”, explica o CEO da Finplace.  

 

Quando feita no marketplace de crédito, a antecipação de recebíveis oferece benefícios adicionais, a começar pela simplicidade e a rapidez da operação, que se completa em poucos passos, sem nenhuma burocracia. Basta que o empresário faça um cadastro simplificado, insira os títulos e escolha a instituição financeira com a qual quer fazer negócio. 

 

Não há exigência de aval nem de garantias extras, como ocorre no empréstimo bancário, já que o próprio título cumpre essa necessidade. Além disso, a antecipação de recebíveis é realizada no ambiente 100% online do marketplace de crédito, de maneira totalmente segura e transparente, sem nenhuma surpresa. 

 

Poder de negociação

Um benefício ainda mais importante, que às vezes passa despercebido, é o poder de negociação que a antecipação de recebíveis dá ao gestor. “Como é possível escolher uma entre várias instituições financeiras, o empresário consegue negociar diretamente com o financiador as condições que mais lhe convêm, o que resulta em taxas mais vantajosas do que as oferecidas pelos bancos”, acrescenta Felipe.

 

Portanto, não se esqueça do que a antecipação de recebíveis no marketplace de crédito pode lhe oferecer: rapidez, simplicidade, ausência de burocracia, segurança, transparência e poder de negociação. E, para ficar em dia com as informações do mercado e não perder nenhuma boa oportunidade, continue a seguir os canais da Finplace: visite o nosso Linkedin e acompanhe nossas páginas no Facebook e no Instagram. Se preferir, entre em contato conosco pelo WhatsApp ou pelo chat, disponíveis aqui no nosso site.

Tags

Cadastre-se agora!


Cadastre-se agora

É grátis e em apenas 1 minuto
você conclui seu cadastro!