Findicas

O blog da
Finplace

Capital de giro baixo? Entenda como o seu negócio pode obter uma linha de crédito.

Findicas

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Controlar gastos de uma empresa, administrar fornecedores e pagar contas e tributos é um desafio constante para quem precisa de capital de giro.

Capital de giro é o suporte financeiro de uma empresa, especialmente na crise. Muitas vezes é difícil cumprir todas as obrigações, imagine sobrar uma quantia para ter como reserva financeira. No entanto, é esse capital de giro, ou seja, a diferença entre as contas a pagar e tudo que irá receber e tem no estoque, que fará sua empresa se manter sustentável.

O sucesso de um negócio depende de um fluxo de caixa equilibrado.

Uma ilustração contendo um homem de terno em frente a um labirinto com um ponto de interrogação no centro, representando dúvida e dificuldade para obter capital de giroEntre os vermelhos e azuis das contas, a pandemia mostrou que ter um capital de giro saudável é importante em momentos de crise. Conforme o isolamento social começou e os negócios tiveram que manter as portas fechadas, todos precisaram se reinventar e encontrar formas novas de chegar até seus clientes. Foi nesse momento que as empresas que tinham uma reserva financeira se saíram melhor.

 

Mas, e se a empresa não tiver um capital de giro estável ainda? Como ela pode começar a investir nisso? 

A importância de um planejamento financeiro

Quando se inicia uma empresa, é normal que demore um tempo até que o retorno financeiro apareça, até porque há diversos investimentos de infraestrutura que começam antes mesmo das atividades. Conforme ela vai crescendo, chega a um ponto que o lucro começa a surgir e o capital de giro aparece no cenário.

 

O empresário, assim, precisa de todas as ferramentas necessárias para manter seu negócio vivo, desde fundos de emergência até linhas de crédito como empréstimos para empresas e antecipação de recebíveis. Porém, mais do que serem usados quando necessário, precisam ser abordados de maneira estratégica. É esse controle e aprendizado do uso de recursos financeiros e de investimento que vão permitir que a empresa consiga andar sozinha.

Quais são os principais tipos de crédito?

Conforme o mercado financeiro tem se modernizado e criado formas mais ágeis e práticas de investir e conseguir crédito, surgem soluções e plataformas financeiras que ajudam o pequeno e médio empreendedor a ter uma carta na manga.

 

Segundo Felipe Avelar, CEO do marketplace de crédito Finplace, “se faz necessário fugir dos velhos modelos de negociação, driblar as taxas abusivas dos bancos tradicionais e buscar a maior autonomia possível na hora de negociar linhas de crédito” 

 

Por isso, se a empresa está precisando de capital de giro, existem algumas alternativas como:

  • Investimento próprio

Antes de procurar investimentos externos, é recomendado que o empresário e seus sócios avaliem se têm economias pessoais e se poderiam usá-las como aporte para o negócio. No entanto, vale ressaltar que, caso essa reserva já esteja aplicada em algum investimento que rende mais que os juros de um possível crédito, essa opção não é indicada.

 

  • Renegociação de dívidas

Caso tenha alguma dívida que possa contribuir para o capital de giro baixo, uma possibilidade é tentar negociar prazos maiores ou parcelas diferenciadas para diluir o custo da empresa.

 

  • Antecipação de recebíveis

Uma das melhores opções, no entanto, parece ser antecipar recebíveis, já que tem menores chances de endividamento e pode ser muito prática. Se a empresa tiver notas fiscais de produtos vendidos a prazo, ela consegue adiantar esses pagamentos futuros. 

 

  • Empréstimo

Para quem não tem recebível em mãos, no entanto, a opção acaba sendo pedir um empréstimo para empresas. Apesar de ser uma das alternativas mais arriscadas, é possível reduzir os riscos ao utilizar plataformas financeiras online como a Finplace. Nesses casos, muitas instituições financeiras cobram taxas mais vantajosas, se o cliente tiver já um bom relacionamento.

 

Diante da variedade de opções, as linhas de crédito podem ajudar uma empresa a salvar seu capital de giro medindo riscos e possibilidades que melhor se adequam ao seu negócio. Caso queira saber mais sobre a antecipação de recebíveis ou outras formas de acesso ao crédito, acompanhe nosso blog

 

Acesse Também Nossas Redes Sociais

Curta nossa página no Facebook , siga nosso Instagram e nosso LinkedIn
E Inscreva-se no nosso Canal

Ou entre em contato através do nosso whatsapp ou chat, disponíveis aqui no nosso site!

Tags

Cadastre-se
agora


Cadastre-se agora

É grátis e em apenas 1 minuto
você conclui seu cadastro!