Fluxo de caixa: aprenda como mantê-lo equilibrado!

Findicas

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Fluxo de caixa é uma ferramenta que mantém a organização das finanças da sua empresa.

Uma das melhores formas de saber se um negócio está crescendo é por meio do fluxo de caixa. É ali que é possível entender se os recursos disponíveis estão sendo ou não suficientes para cobrir a execução das atividades operacionais, ditando os próximos passos da empresa e estratégias para conseguir maior capital de giro, por exemplo.

 

Ilustração de homem em corda bamba representando o equilibrio para ter um fluxo de caixa positivoÉ comum que empresas lidem com um grande fluxo de operações financeiras diárias, o que envolve pagamentos, recebimentos, compras e diversas movimentações que sustentam o negócio. No entanto, apesar de controlar isso parecer fácil, requer disciplina e atenção a detalhes. 

 

Então, como se monta um fluxo de caixa?

  1. Verifique o saldo da empresa

Antes de mais nada, é importante que cheque o que tem em caixa e estipule o período de tempo de base do seu fluxo de caixa, ou seja, o prazo de quando serão feitos lançamentos, fechamentos e análise do caixa.

 

  1. Identifique receitas e despesas

Encontre e anote todas as informações de receitas de clientes, doações, pagamentos a fornecedores, salários, aluguel, luz, água, entre outros. Não esqueça de anotar as datas de vencimento e prazos importantes para evitar multas ou juros, e separe tudo em categorias de transações para que o fluxo de caixa possa ser analisado posteriormente.

 

  1. Registre as entradas e saídas

Depois de registrar tudo que já tinha, é essencial que mantenha o fluxo de caixa atualizado conforme o período de tempo que estabeleceu no passo 1. Lembre-se de acrescentar toda e qualquer nova entrada ou saída, seja um cliente novo, uma dívida quitada ou um custo não planejado.

 

  1. Utilize sistemas para facilitar manutenção

Hoje em dia, existem muitas plataformas financeiras online que podem ajudar um negócio a controlar melhor cada receita e despesa diretamente do sistema, agilizando o processo de contagem no fluxo de caixa. No entanto, mesmo que não consiga usar essas opções, tente criar planilhas de Excel e maneiras mais digitais de controle para facilitar o acesso e a avaliação das informações.

 

5. Analise e tenha alternativas

Com datas e dados computados, é crucial que reserve um tempo com frequência para estudar aqueles números e entender o que pode ser feito. Se seu negócio está com dificuldades de cumprir seus compromissos, por exemplo, talvez seja a hora de fazer antecipação de recebíveis e adiantar pagamentos futuros para conseguir aporte financeiro rápido e ajustar esse desequilíbrio nas contas. Ou então, caso você queira abrir uma nova filial e não tenha notas fiscais para antecipar, uma saída pode ser o empréstimo para empresas.

 

É crucial que tenha alternativas e opções que o(a) ajudem depois dessa análise do fluxo de caixa, assim pode entender como usar o crédito estrategicamente. Ter em mãos um marketplace de crédito confiável como a Finplace pode ser uma importante saída, já que a plataforma financeira oferece diversas soluções para sua empresa obter capital de giro rápido. 

 

Organizar um bom fluxo de caixa e ter uma plataforma de recebíveis como aliada às suas estratégias tornam muitos dos desafios de ter um negócio mais fáceis de serem resolvidos, assim você poderá colher os frutos de uma organização financeira bem feita e crescer.

 

Se quiser conhecer outras formas de crédito ou planejamento, acesse outras Findicas. Acesse também nosso Linkedin e acompanhe nossas páginas no Facebook e no Instagram. Ou entre em contato conosco pelo WhatsApp ou pelo chat, disponíveis aqui no nosso site.

 

Tags

Cadastre-se agora!


Cadastre-se agora

É grátis e em apenas 1 minuto
você conclui seu cadastro!